quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Nossos Vizinhos Ilustres carnavalescos

É tempo de ...


Resultado de imagem para PARTITURA DE CARNAVAL

A cidade respira o ritmo, o colorido e a alegria da festa.
E a música, claro, composta por nossos vizinhos carnavalescos, que nos ditam o clima.



"Bandeira Branca, Amor
Não Posso Mais
Pela Saudade
Que Me Invade
Eu Peço Paz..."




Imagem relacionada“Bandeira Branca”, a marcha-rancho de Max Nunes e Laercio Alves, de meados dos anos 70, nasceu de um telefonema de Dalva de Oliveira a Max Nunes, dizendo que desde a tumultuada separação de Herivelto Martins, ela vinha alternando bons e maus momentos na carreira. E queria uma marcha de carnaval. Então ele fez Bandeira Branca , que participou do concurso, ganhou, e acabou se tornando o grande sucesso de Dalva. Aliás ela achou até que seria vaiada logo na primeira interpretação. Jamais imaginou que a música fosse se tornar tão popular.

Clique AQUI  ...Convidamos você a passear pelo endereço e histórias de Dalva de Oliveira
___________________________________________________


"Yes, nós temos bananas
Bananas pra dar e vender
Banana menina tem vitamina
Banana engorda e faz crescer..."



Imagem relacionadaNa carnavalização da vida nacional, de autoria de um craque do gênero, Braguinha, surgiu a famosa marchinha de carnaval de 1938,
Yes, nós temos banana, gravada por Carmem Miranda, que exaltou, com bom humor, as qualidades da fruta. Sucesso de ontem e de sempre, alegrando os blocos de rua de todo o Brasil.



Clique AQUI ...Convidamos você a passear pelo endereço e histórias de Braguinha!
_____________________________________________________



"Tomara que chova,
Três dias sem parar, 
... 
A minha grande mágoa, 
É lá em casa 
Não ter água, 
Eu preciso me lavar." 




Imagem relacionada
O verão de 1950 foi importante para o carnaval. Nessa época, uma forte onda de calor assolava a cidade e chuvas não eram freqüentes. Somado a isso, os cariocas sofriam com a falta de água encanada, devido ao aumento populacional e a falta de investimentos do governo. Angustiados com essa situação, os compositores Paquito e Romeu Gentil resolveram agir. E nada melhor, do que protestar com uma marchinha. Tomara que chova de autoria da dupla, foi o grande sucesso do carnaval de 1951, na voz de Emilinha Borba, que cantou inúmeros sucessos de carnaval.

Clique AQUI .. Convidamos você a passear pelo endereço e histórias de Emilinha Borba!




Nenhum comentário: